domingo, 8 de abril de 2007

Bernard Tate - Free as a Bird














uma mulher


para eliane stoducto


uma mulher paira sobre a vida.
nas canções , nas palavras,
nos filhos ,
em cada passo
de um caminho árduo.

esta mulher, sua vitória
arrancada aos dias,
o sorriso, a franqueza
e as mãos generosas ofertadas,
dorme no coração do mundo.


ah rever-te o riso aberto,
a força,
a face iluminada.

adeus é uma palavra dura.

silvia chueire

5 comentários:

Amélia disse...

c'est notre lot à tous.Gostava - gosto- de ler os poemas da Eli ...Um poeta não morre: deixa de ser visto, como dizia Pessoa.

Moacy Cirne disse...

Oi, há um poema seu no Balaio. Beijos.

Márcia disse...

mais dura ainda quando, obrigatoriamente, dita à distância.
um beijo.

Francisco disse...

A SAUDAR-TE

a sensação ver
tida como chocolate
quente aromático

a noite
ainda fresca

a expressão aberta
Assim

Cleopatra disse...

Adeus é sempre uma palavra definitiva...Hummm, será?

diários III

as orquídeas lançam raízem e flores desenfreadas. têm pressa.   desabrocharão sua beleza extrema com a paixão típica das flores....