quinta-feira, 23 de agosto de 2007

DOIS POEMAS CURTOS:

perder-me

perco os olhos no mar
e o pensamento

tudo é confronto e angústia
no largo silêncio
da água



silvia chueire



dia após dia


passa dia após dia
sobre a terra e a pele

não esqueço:
habitas-me
a murmurar as mesmas palavras
sobre o oceano


silvia chueire

Nenhum comentário:

diários IV

        a rotina pode ser uma impercebida prisão.   toma-nos de surpresa. pé ante pé instala-se na vida de acordo com ...