segunda-feira, 14 de abril de 2008

há um corpo

há um corpo à tua espera
um corpo e um conjunto de signos
nas mãos espalmadas
a te oferecerem o riso,
as avencas na pele,
o perfume.

há um corpo, um copo de vinho
ao pé da lareira,
no silêncio do lume.

silvia chueire

Nenhum comentário:

diários IV

        a rotina pode ser uma impercebida prisão.   toma-nos de surpresa. pé ante pé instala-se na vida de acordo com ...