sexta-feira, 11 de abril de 2008

um sonho

era um sonho leve
um sonho
xxxxxum pássaro de asas de fogo

era um sonho em combustão
suspensos sobre ele
xxxxxos corpos marejados

era um sonho leve
podia-se
carregá-lo com alegria

a um pássaro assim
não se cortam
xxxxxas asas
não se entrega
xxxxxà própria sorte

era um pássaroxxxxeste sonho
e sua conseqüência
em vôo
xxxxxa culminar no espaço

éramos nós
percebi claramente

xxxxxantes de morrer

silvia chueire

Nenhum comentário:

diários IV

        a rotina pode ser uma impercebida prisão.   toma-nos de surpresa. pé ante pé instala-se na vida de acordo com ...