quinta-feira, 6 de agosto de 2015

corpo



 não se pode elidir o corpo

ele é nós. nós somos ele.

pele, artérias, sangue,

órgãos, músculos.

sentidos e sensações.

 

não se pode fingir que não existe,

ou deixar de pronunciá-lo

em palavras claras

- como se fosse um erro.

 

é nosso corpo.

e está vivo.
 

Silvia Chueire

Nenhum comentário:

diários V

o perfume eleva a pele a algo entre o veludo e o abraço. cola-se na minha memória a mistura de tangerinas, rosas, lilases. ...